Reformar um bar ou restaurante pode se tornar um grande problema se não houver um bom planejamento. Para evitar que isso aconteça, é preciso ter um projeto que aborde todos os detalhes com muita atenção, além de mão de obra especializada e qualificada. Veja abaixo 7 dicas para reformar seu estabelecimento sem dor de cabeça:

1 – Certifique-se de que a documentação do imóvel está conforme:         

Para iniciar a reforma, é preciso autorização da Prefeitura, e para isso será necessário, além do projeto arquitetônico, todas as documentações do imóvel (IPTU, Certificado de Regularidade, escritura, entre outros). É importante manter a documentação do imóvel sempre em ordem.

 

2 – Faça um projeto com um Arquiteto especialista:

O projeto feito por uma equipe de arquitetos especializados garante que seu restaurante tenha ambientes adequados, que atendam às necessidades dos clientes e funcionários. Além de projetar ambientes confortáveis, ergonômicos, acessíveis e seguros, o arquiteto irá se preocupar com os fluxos de cada espaço, com as normas de vigilância e o funcionamento da cozinha industrial, entendo dessa forma o empreendimento como um todo.

3 –  Tenha um planejamento bem definido:

Antes de iniciar o projeto é preciso definir quais são as prioridades da reforma, e qual o orçamento final. Um budget bem definido alinhado com o programa de necessidades é o que irá orientar o arquiteto, definindo o projeto e as etapas seguintes.

4 – Contrate uma boa equipe de obra:

A execução da obra é a etapa que mais pode gerar problemas, se não houver o acompanhamento adequado e uma equipe qualificada. É importante que a equipe entenda o projeto e seja capacitada para executá-lo. Certifique-se que a quantidade de funcionários seja suficiente para o tamanho da obra e o prazo estabelecido. O arquiteto irá te ajudar nesta etapa com cronogramas e planilhas de orçamentos.

5 – Certifique-se que os profissionais estão alinhados:

Todos os profissionais envolvidos na obra precisam estar alinhados quanto ao prazo da obra, ao projeto geral e os procedimentos a serem seguidos. Uma boa dica é fazer uma reunião no início da obra com todos os profissionais, para alinhar as informações mais importantes e organizar a rotina de trabalho. O gestor da obra será o arquiteto ou engenheiro, que fará o acompanhamento e irá mantê-lo informado sobre o processo.

6 – Escolha materiais de qualidade:

Uma das etapas mais importantes do projeto é definir os materiais a serem utilizados na reforma. Se o material não tem qualidade, de nada adianta todos os cuidados com a obra, e os profissionais. Durante o projeto, todos os materiais são definidos entre o cliente e o arquiteto, que irá especificar e orçar cada item.

7 – Cumpra os prazos e mantenha-se atualizado:

É importante cumprir os prazos de pagamento e de tomadas de decisão, além de acompanhar o andamento da obra, para ter certeza de que o cronograma está sendo executado corretamente. Assim a sua obra não irá atrasar e você conseguirá inaugurar o estabelecimento na data prevista.

Antes de iniciar sua reforma, lembre-se que será necessário envolver profissionais especializados e qualificados para atender suas necessidades. Seguindo essas dicas, será muito mais fácil obter os resultados esperados, sem surpresas ou problemas futuros.